Contratado para transportar 260kg de maconha por R$ 7 mil, casal acaba preso em Presidente Venceslau

21/06/2019 05h05 - Atualizado em 21/06/2019 08h12 Motorista tentou fugir da abordagem da Polícia Militar Rodoviária, mas não teve sucesso. Ele ainda tinha contra si um mandado de prisão pelo crime de roubo.
Por G1, Presidente Venceslau - SP
Contratado para transportar 260kg de maconha por R$ 7 mil, casal acaba preso em Presidente Venceslau (Foto: Polícia / Cedida)

A Polícia Militar Rodoviária apreendeu na madrugada desta quinta-feira (20), em Presidente Venceslau (SP), uma carga de quase 260 quilos de maconha que era transportada em um carro abordado pela fiscalização no km 616,500 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270).

Duas pessoas – um homem de 29 anos e uma mulher de 28 anos, moradores, respectivamente, de Curitiba (PR) e Piraquara (PR) – foram presas em flagrante por tráfico de droga.

Ao trafegar pela SP-270, o motorista que conduzia o carro, com placas de Curitiba (PR), tentou fugir da abordagem policial, ao desobedecer ao sinal de parada emitido pela equipe do Tático Ostensivo Rodoviário, mas acabou perseguido e alcançado pelos militares logo à frente.

Na vistoria ao veículo, os policiais encontraram 14 fardos, que continham 340 tabletes, totalizando 259,060 quilos de maconha.

Segundo a polícia, os indiciados alegaram que haviam sido contratados por uma pessoa desconhecida, em Curitiba (PR), para que se deslocassem a Ponta Porã (MS) e fizessem o transporte da droga até Santos (SP), serviço pelo qual receberiam R$ 7.000,00 – R$ 5.000,00 para o homem e R$ 2.000,00 para a mulher, que seguia como passageira.

O homem não portava documentos e, durante a realização de consultas, os policiais constataram que não era habilitado e ainda tinha contra si um mandado de prisão em aberto, expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, pelo crime de roubo.

Ambos receberam voz de prisão em flagrante por tráfico de droga e foram encaminhados à Delegacia da Polícia Civil, onde permaneceram no aguardo da audiência de custódia na Justiça.

Os fardos com a droga e o carro que transportava o entorpecente também foram levados à delegacia.

Comente, sugira e participe:

Cadastre seu WhatsApp e receba notícias diariamente pelo celular