Sarampo: Tupã tem primeiro caso suspeito da doença

13/08/2019 08h21 - Atualizado em 13/08/2019 08h47 Uma criança de três anos é o primeiro caso suspeito de sarampo em Tupã neste ano.
Redação - Acally Toledo - Colaboração: Ocnews, Tupã - SP
Sarampo: Tupã tem primeiro caso suspeito da doença .

De acordo com as informações da Secretaria Municipal de Saúde, a menina é moradora da região central da cidade. Ela passa bem e está em casa. Agora, está sendo feita uma "busca" pelas pessoas que tiveram contato com a criança. "As pessoas que tiveram contato, o procedimento é fazer uma dose de vacina tríplice viral, como bloqueio vacinal", explica Juliana Yuri Ueji, responsável pelo setor de Vigilância Epidemiológica. 

O sarampo é uma das infecções mais contagiosas e é transmitida pela respiração, tosse ou espirro da pessoa doente. Pode ser contraída em qualquer idade e a vacinação é a melhor forma de prevenir a doença. 

O sarampo pode provocar inúmeras complicações, como infecções de ouvido, pneumonia e Panencefalite Esclerosante Subaguda (SSPE), complicação rara, mas fatal do sarampo. Pode ocorrer de 7 a 10 anos após uma infecção natural pelo sarampo. É um tipo de inchaço cerebral que é progressivo e não tem cura conhecida. 

Os sintomas clássicos do sarampo são: 

- Febre 

- Erupções na pele (vermelhidão) 

- Tosse 

- Coriza (espirros, secreção e obstrução no nariz) 

- Conjuntivite (inflação ou infecção que provocam vermelhidão e lágrimas nos olhos).

 

Comente, sugira e participe:

Cadastre seu WhatsApp e receba notícias diariamente pelo celular