Governo de SP vai criar 25 novos Poupatempo; vereadores pedem unidade para Adamantina

17/07/2019 06h15 - Atualizado em 17/07/2019 08h26 Vereadores formalizam pedido após anúncio das novas unidades, feito pelo Governo de SP.
Redação - Acally Toledo - Informações: Siga Mais, Adamantina - SP
Governo de SP vai criar 25 novos Poupatempo; vereadores pedem unidade para Adamantina .

Na última quinta-feira (11), o governador em exercício, Rodrigo Garcia, anunciou a abertura de cinco novas unidades do Poupatempo ainda neste ano e outras 25 nos próximos quatro anos (veja mais). O anúncio ocorreu na cerimônia em que o Poupatempo recebeu o Prêmio de “Melhor Serviço Público de SP”, em pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha. É a quinta vez consecutiva que o Poupatempo recebe a premiação.

Com as futuras unidades, o número de postos de atendimento do programa vai passar dos 73 atuais para 103.

Atentos a essa expansão, os vereadores de Adamantina se mobilizaram e apresentaram na sessão da Câmara Municipal, nesta segunda-feira (15), três requerimentos dirigidos a diferentes autoridades, onde pedem a instalação de uma unidade do Poupatempo na cidade. Os requerimentos foram propostos pelo vereador Acácio Rocha (DEM) e acompanhados por todos os vereadores, que assinaram conjuntamente as solicitações.

Nos requerimentos, os vereadores destacam que a locação de uma unidade do Poupatempo para Adamantina se justifica, com segurança, pelo fato da cidade estar em destacada posição geográfica entre os municípios da microrregião, onde uma expressiva população circulante, integrada à população local, compõem um cenário demográfico relevante, ainda desassistido pelo programa.

Os requerimentos são dirigidos ao governador João Dória, ao vice-governador Rodrigo Garcia e ao deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, Cauê Macris. Outros deputados também deverão ser mobilizados pelos vereadores, no sentido de ampliar adesões, fortalecer a iniciativa e sensibilizar o governo paulista. 

Novas unidades

As cinco novas unidades programadas para este ano serão em Salto, Jales, Lençóis Paulista, Aguaí e Campinas. Os postos de atendimento à população serão mais modernos, com ênfase em serviços eletrônicos e equipadas com totens de autoatendimento.

Além da instalação de novos postos em parceria com outros órgãos do governo como Detran, CDHU e Sabesp, o Poupatempo também vai ampliar o número de serviços eletrônicos que podem ser resolvidos pelo Portal, aplicativos e totens de autoatendimento, informou Ernesto Mascellani Neto, Superintendente da Prodesp, empresa que administra o Programa Poupatempo do governo de São Paulo.

O presidente da Prodesp, André Arruda, destacou o investimento em novas tecnologias para ampliar os serviços digitais. “O Poupatempo quer estar cada vez mais próximo do cidadão, para que ele possa resolver questões relacionadas aos seus documentos sem precisar se deslocar, usando o computador, os totens de autoatendimento ou até pelo celular”, disse Arruda.

Desde a instalação da primeira unidade do Poupatempo, na Sé, em 1997, o programa já prestou mais de 580 milhões de serviços à população. Só no primeiro semestre deste ano foram 15,4 milhões de atendimentos. Para garantir excelência no atendimento, o Poupatempo atende com horários agendados.

Comente, sugira e participe:

Cadastre seu WhatsApp e receba notícias diariamente pelo celular