Plantão da Biometria: Cartório Eleitoral de OC abre neste sábado

11/04/2019 05h10 - Atualizado em 15/04/2019 10h00 A ação tem o objetivo de incrementar o número de eleitores com biometria.
Redação - Acally Toledo, Osvaldo Cruz - SP
Plantão da Biometria: Cartório Eleitoral de OC abre neste sábado .

O cadastramento biométrico passa a ser obrigatório na 163ª Zona Eleitoral de Osvaldo Cruz, que engloba também, eleitores de Sagres e Parapuã. Toda a população é convocada para que realize o cadastro da sua biometria até o dia 19 de dezembro. 

Para estimular o comparecimento do eleitor e incrementar o cadastramento da biometria, o Cartório Eleitoral de Osvaldo Cruz irá funcionar neste sábado, dia 13 de abril, em esquema de plantão. Os eleitores serão atendidos das 8h às 13h, mediante agendamento prévio no site do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP).

A biometria consiste na coleta de impressões digitais, foto e assinatura. Trata-se de um procedimento simples e rápido, durando em torno de 15 minutos. 

O plantão do dia 13 de abril envolve todos os 393 cartórios eleitorais do Estado.

Biometria obrigatória

Em 478 municípios paulistas, os eleitores estão convocados a fazer a biometria, em caráter obrigatório. Quem não fizer terá o título de eleitor cancelado. Essas cidades somam mais de 11,7 milhões de cidadãos aptos a votar, dos quais apenas 4,9 milhões já tiveram as impressões digitais coletadas pela Justiça Eleitoral (42,15%). Clique aqui para conferir a lista. Os prazos terminam entre agosto e dezembro de 2019. 

O ritmo lento de coleta da biometria preocupa o TRE. No primeiro trimestre do ano, houve 250 mil atendimentos por mês, metade do número esperado. O receio é de concentração da demanda no final do período, uma vez que muitas pessoas deixam providências desse tipo para os últimos dias. Por isso, é importante o comparecimento o quanto antes.

O plantão do dia 13 de abril envolve todos os 393 cartórios eleitorais do Estado. Na capital e em outros 60 municípios, onde a biometria ainda não é obrigatória, o TRE-SP também recomenda ao eleitor que antecipe o procedimento, para seu conforto e tranquilidade.

Maior colégio eleitoral do país, o Estado de São Paulo conta com 33.237.521 eleitores, dos quais 15.923.050 (47,91%) têm dados biométricos coletados. A meta do Tribunal Superior Eleitoral é chegar a 2022 com 100% do eleitorado brasileiro com biometria.

Documentos necessários

No momento do atendimento, o eleitor deve levar documento oficial de identificação e comprovante de residência. Se tiver o título, deve apresentá-lo também. O documento oficial de identificação precisa ser original, com foto, como RG, carteira de trabalho e carteira profissional emitida por órgão criado por lei federal. O comprovante de residência (contas de água, luz, telefone, celular, bancárias) deve conter o nome do eleitor e o endereço e ser recente– até três meses de emissão).

Biometria

A biometria é uma tecnologia que confere ainda mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. Acoplado à urna eletrônica, o leitor biométrico confirma a identidade de cada pessoa por meio das impressões digitais, armazenadas em um banco de dados da Justiça Eleitoral e transferidas para as urnas eletrônicas.

Implantação no Estado

O cadastramento biométrico iniciou-se em São Paulo no ano de 2010, no município de Nuporanga. Em 2015, foi estendido para todo o Estado, sem obrigatoriedade de comparecimento. No pleito de 2018, 100 cidades paulistas tiveram a identificação totalmente biométrica dos eleitores no momento do voto.

Comente, sugira e participe:

Cadastre seu WhatsApp e receba notícias diariamente pelo celular