Osvaldo Cruz começa 2018 com saldo negativo de empregos

05/03/2018 15h38 - Atualizado em 08/03/2018 07h43 Cidade registrou um déficit de 14 vagas em janeiro.
Redação - Luanna Machado - Fonte na Íntegra: OCNET, Osvaldo Cruz - SP
Osvaldo Cruz começa 2018 com saldo negativo de empregos .

Ano novo, velhos dados. É assim que 2018 começou para o Osvaldo Cruz.

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), mostram que o mês de janeiro seguiu a toada de 2017 e fechou a geração de empregos no vermelho.

As informações apontam para 161 contratações e 175 demissões. No final, o saldo ficou negativo em 14 vagas.

Número de contratações é o mais baixo em 10 anos. Além de registrar saldo negativo pelo décimo mês consecutivo, Osvaldo Cruz registrou, segundo o CAGED, o número mais baixo de contratações, no mês de janeiro, dos últimos dez anos.

A pior marca, até então, datava de janeiro de 2009, quando foram geradas 164 vagas formais.

Parapuã tem o pior desempenho da microrregião de Adamantina

A cidade de Parapuã teve, de longe, o pior desempenho da microrregião de Adamantina.

Foram apenas 42 contratações, contra 219 demissões. Com isso, a cidade teve um saldo negativo de 177 vagas.

Já Lucélia, com 405 vagas criadas e 240 demissões, foi o município com o melhor desempenho: saldo positivo de 165 vagas.

Comente, sugira e participe:

Cadastre seu WhatsApp e receba notícias diariamente pelo celular